quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Comércio Tradicional VIII

Comércio tradicional em aguarelas...





agualeras de: Beatriz Lamas Oliveira



5 comentários:

abspinola disse...

Adorei as pinturas...
Retrata bem ainda algumas memorias de infancia.

Orquídea Selvagem disse...

Estão de facto bem conseguidos estes registos.
A primeira aguarela faz-me lembrar a mercearia que eu tinha ao pé de casa dos meus pais e que eu quando comecei a ir lá aos recadinhos mal passava acima do balcão.
Tinha em cima dele uma balança do género da que está pintada [e que me parecia enorme] onde a senhora Maria pesava com rigor pequenos cartuchos com o que fossemos pedir.
O que eu gostava mais de ir buscar era bolacha Maria, momento em que ficava deliciada a ver as suas mãos hábeis a enrolar um cartucho com papel de embrulho...
(ah, também gostava de ir lá comprar chiclets "Pirata" com as moeditas que eu surripiava do porta-moedas da minha mãe!)

:)

Beatriz disse...

fico contente por ver aqui as minhas aguarelas ilustrando o Comércio Tradicional...são lojinhas de Braga e de Guimarães...lojas pelas quais sinto cada vez mais ternura:é um mundo que parece em vias de desaparecimento!!!parece que sobre elas sopra um vento seco e frio de indiferença.Ou talvez não!

Anónimo disse...

Gostei e fiquei também muito contente por ver aqui as obras de Bea aqui representadas.
Os meus parabéns!
Cesário Costa

:)

Susana disse...

Olá,
Fantásticas aguarelas, parabéns!
Gostava de usar a primeira imagem de fundo num pequeno site que estou a fazer para o comercio tradicional do meu pai. Seria possível?
Obrigada