domingo, 30 de janeiro de 2011

Salazar ou rapa-tachos



Espátula, raspador, raspadeira, rapa-tudo, rapa-tachos. Por vários nomes responde este utensílio de serventia comprovada nas casa portuguesas, mas nenhum nos traz tantas memórias como "salazar". E esse leva-nos de volta a outros tempos de crise e escassez.

A jornalista Carla Maia de Almeida escreve na Notícias Magazine sobre o dito utensílio e a sua utilidade em tempos de crise, em meados do ano passado.
Mudou o ano, ficou a escassez e a crise...

4 comentários:

Fê-blue bird disse...

Por acaso cá em casa tenho um, rapa-tachos porque o Salazar dispenso ;-)
Mas em tempo de crise vale tudo!
Obrigada pela sugestão de leitura.
Beijinhos

1143 disse...

pois em tempo de crise era mesmo um Salazar que nus podia valer

Isa GT disse...

Como estamos em tempo de crise, tenho 2 rapa-tachos... ;)

Bjos

Casi_M!Ro disse...

É o que digo: Eu agora já não sou nem da Geração Rasca, nem da Geração à Rasca, sou antes da Geração à RASPA!