domingo, 28 de novembro de 2010

O verdadeiro Natal...


O piloto António Costa Pereira bem tentava explicar, mas o sobrinho de nove anos não conseguia entender como se pode desperdiçar o que nem chega a ser servido nas cantinas, restaurantes ou empresas de catering. "A comida está boa?" "Está." "E vai para o lixo?" "Vai." "E as pessoas vão buscá-la ao lixo?" "Vão." "Porquê?" "É a lei." António Costa Pereira também não compreendia.

Queria ir à Assembleia da República "puxar as orelhas aos deputados" que tinham aprovado tal lei, forçá-los a mudá-la. Juntou mais de 100 mil assinaturas. Afinal, a lei fora mal interpretada. As sobras podem ser doadas desde que se respeitem regras de higiene. E já está no forno uma rede de solidariedade nacional para ligar quem tem refeições de sobra a quem não tem dinheiro para as comprar.

Assim, está a nascer uma rede nacional para aproveitar as sobras dos restaurantes, esta iniciativa da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRSP) será lançada a 10 de Dezembro e inclui vales de refeições para carenciados.


Notícias Relacionadas:
Está a nascer uma rede nacional para aproveitar as sobras dos restaurantes

4 comentários:

Zé Manel disse...

Sei que foste um dos que assinou a petição. assim como eu... Sim isto é que é o espírito de Natal.

Salete Cattae disse...

Que bom que vcs conseguiram mudar isso... Aqui no Brasil temos a mesma lei.

Uma vez vi uma dupla sertaneja famosa e também proprietários de uma rede de restaurantes, falar a respeito dessa lei na tv e como para eles era difícil ver toda aquela comida ir para o lixo enquanto tantos passavam fome... foi a única vez que ouvi alguém falar sobre o assunto.

bjs

Teófilo Silva disse...

Bem pensado sim senhor! Mas como em portugal as coisas nem sempre correm bem quando se trata de ajuda aos carenciados, estou a ver quem serão os carenciados que vão beneficiar dessa genial onde de solidariedade. Que é de louvar esta iniciativa, disso não há dúvida que sim.
Ver para crer, como São Tomé...

Anónimo disse...

Finalmente colocaram em prática o que todos nós ja sabiamos que seria uma grande ajuda para quem mendiga por um simples prato de comida... Simples ou talvez nao. Hoje em dia ja nada é simples... Ter à mesa um prato de sopa já deixou de ser uma tarefa fácil...

Mas sim... Devemos todos ajudar a matar a fome...

Acima de tudo matar a fome de ideias que não nos deixa caminhar em frente...