quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Chocolates Regina


O Natal está quase à porta. O consumismo desenfreado também. Mas, eu sou do tempo, em que um pequeno chocolate "Regina" colocado no sapatinho, era já uma alegria imensa. Sim, sou do tempo, em que o espírito de Natal ainda existia. O mais importante era a família. Era estar junto das pessoas do mesmo sangue que nós e partilhar as aventuras e desventuras do último ano.

Tenho saudades do Natal da minha infância. Desse Natal em que a casa da minha avó era o ponto de reunião. Tenho saudades, do cheiro dos chocolates da Regina pendurados na árvore de Natal na casa dos meus pais.

Se gosta de oferecer chocolates no Natal, ofereça o que é nosso, o que é bom e sabe bem. Ofereça chocolates Regina.

6 comentários:

Fê-blue bird disse...

Isto por aqui está a ficar muito apetecível ;-)
Comi bastantes chocolates Regina e a verdade é que actualmente já não se vêem muito pois estão ofuscados por tantas marcas concorrentes.
Antigamente tudo tinha outro cheiro outro sabor, agora tudo sabe ao mesmo.
Uma boa sugestão, um bom post.
Beijinhos

Salete Cattae disse...

Chocolate é sempre uma boa pedida.Adoro!

donatien alphonse françois disse...

Bela lembrança...Por acaso conheci a Regina,filha dos donos da fabrica, que deu o nome à marca.

Isa GT disse...

Nem imaginas, as saudades que eu tenho de Natais passados...

Bjos

Teófilo Silva disse...

Não sei explicar se o desinteresse por chocolates é derivado àos nova métodos de fabrico, ou se foi as minhas Papilas Gustativas que endureceram. Tenho um chocolate que gostava muito (chocolate Jubileu)e agora já não tem o paladar delicioso de outros tempos.
A regina perdeu com a entrada no mercado dos chocolates Italianos como o Ferrero Rocher.

Anónimo disse...

pois fiquem todos a saber que os chocolates regina que comem nao sao os verdadeiros porque a fabrica faliu graças ao filho do administrador a fabrica imperial comprou a patente mas nao sabe o segredo de fab ricar os bons chocolates que eram eu digo isto porque toda aminha familia trabalhou la e eu tambem