quarta-feira, 21 de setembro de 2011

No Mercado de Santa Clara agora cozinha-se


Há muito tempo que não se vêem frutas e legumes nas bancas do Mercado de Santa Clara, junto à Feira da Ladra. Desactivado como mercado, tem sido usado pela Câmara Municipal de Lisboa para exposições temporárias. Hoje vai voltar a receber pelo menos um produto: o tomate. E, para além dele, centenas de objectos que contam histórias de como o homem foi trabalhando produtos e alimentos, e moldando-os ao seu gosto – no fundo, uma pequena história da alimentação em Portugal.

O Centro de Artes Culinárias, que inaugura hoje às 19h30, é um projecto da associação As Idades dos Sabores, criada em 2001 por Maria Proença (que foi responsável pelo programa Saber Fazer na RTP2 e por uma página de culinária na revista Marie Claire). Através de um protocolo com a Câmara, a associação vai-se instalar no Mercado de Santa Clara, com uma colecção de perto de 4000 objectos (dos quais cerca de 500 compõem a exposição inaugural, que ficará até 30 de Novembro e que é comissariada por Joaquim Caetano, conservador do Museu Nacional de Arte Antiga e vice-presidente da associação). E ainda com uma agenda que inclui aulas de cozinha (que deverão começar já a partir de Outubro), conferências, concertos, projectos com crianças, tudo ligado àquilo a que gosta de chamar “as artes culinárias”.

in:Público

1 comentário:

Orquídea Selvagem disse...

Aulas de cozinha?
Hum... parece um projecto aliciante agora que na televisão e em vários canais só se fala de culinária e de "Master Chefs".
Não me lembro de ver tanta gente interessar-se por cozinha... mas cada vez há menos quem saiba cozinhar.

Beijinhos culinários :)