sábado, 4 de setembro de 2010

Pastilhas Pirata - Nostalgia XXVII


Não eram as melhores pastilhas elásticas de todos os tempos. Mas, aquele cor de rosa, atulhada de corantes, cheia de brindes e coleccionáveis, tornava-as mágicas. De facto eram bastante duras, mas assim também duravam mais que as Gorila.... entre uma mordida no lábio e outra a medo para não magoar os dentes, o tempo ia passando e sempre traziam brindes e com direito a revista.

Os brindes e as revistas, eram o meio promocional usado vender estas afamadas pastilhas, produzidas pela fábrica Diana em Évora. O primeiro número foi editado em 1965 e durante 14 anos teve uma publicação mensal tendo o seu ocaso em finais dos anos 70, com mais de 150 revistas publicadas. O Clube Pirata foi outra promoção paralela, que atingiu um enorme êxito, chegou aos 90 mil sócios.

Falo nelas e sinto-me a salivar. Belos tempos, os da infância...

3 comentários:

Isa GT disse...

Grandes balões faziam as piratas, até chegavam às sobrancelhas :)

Anónimo disse...

É verdade!
E os rebuçados de 1 tostão? E aquelas pastas de chocolates da Regina com aromas de morango, ananás, banana...não muito grandes e bem fininhas desfazendo-se na boca e lambuzando-nos os dedos...hummm...
Nice blog
Mara

L.O.L. disse...

O meu pai chegou a comprar-me uma caixa. Acabei por enjoar de pastilhas. lol.