quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Portugal conquista «óscares» do turismo mundial



A TAP e os luxos dos hotéis algarvios Vila Joya e Conrad Algarve valeram a Portugal três World Travel Awards. A gala dos "óscares" do turismo mundial, para os quais havia 15 nomeações lusas, decorreu esta quarta-feira em Nova Deli, Índia.


A hotelaria algarvia de luxo continua a dar frutos. O Vila Joya, de Albufeira, foi declarado o melhor resort boutique do mundo - o que acontece sem grandes surpresas já que tem dominado este calvário nos últimos anos - e o Conrad Algarve foi declarado o melhor novo resort. Aos dois prémios algarvios conseguidos na ronda mundial dos WTA, junta-se a distinção para a TAP de melhor companhia aérea de ligações para a América do Sul.

Há sete anos que o Vila Joya, com a praia da Galé aos pés e nascido pela vontade de um casal alemão, não deixa créditos por mãos alheias. E, uma vez mais, deixou para trás gigantes como o tailandês Six Senses Samui ou o Pacific Resort Aitutaki, nas Ilhas Cook. A verdade é que, desde 2006, o título de melhor resort boutique do mundo lhe pertence e 2012 não muda esta sina. O empreendimento algarvio voltou a seduzir os World Travel Awards, somando até à data sete títulos mundiais de melhor resort boutique, cinco óscares europeus na mesma categoria e ainda dois prémios regionais para melhor hotel boutique - em 2007, arrecadou ainda o prémio português para a melhor suite. O Vila Joya é ainda campeão no que diz respeito à restauração: mantém há anos duas estrelas Michelin (que revalidou recentemente).

A noite tem outro vencedor luso que é também uma vedeta algarvia. O Conrad Algarve Palácio da Quinta, que faz parte do universo Hilton (que no Algarve gere também também o Vilamoura As Cascatas), abriu em Setembro e foi para o painel mundial o melhor resort a inaugurar este ano. Na corrida estavam grandes investimentos hoteleiros na Turquia, Marrocos ou Tailândia, entre outros. O cinco estrelas algarvio era ainda candidato a melhor novo hotel de luxo mas perdeu o prémio para o Angel's Peninsula, da Turquia. Em Outubro, o Conrad foi o anfitrião dos WTA Europa, tendo sido premiado, à escala europeia, como melhor novo resort numa cerimónia que daria mais cinco distinções a Portugal.

Para a gala mundial em Nova Deli, realizada no hotel The Oberoi, Portugal levava mais 12 nomeações. Mas ficou-se pela honra. A TAP, além de melhor companhia para voar de e para a América do Sul, também concorria entre os melhores nas ligações europeias - perdeu para a Lufthansa. O Algarve, indicado para melhor destino de praia, viu-se ultrapassado pelas Ilhas Turcas e Caicos e Lisboa, na corrida pelos títulos de melhores destino, destino de cruzeiros e porto de cruzeiros, assistiu às vitórias da Índia, Peru e Dubai, respectivamente.

by: FUGAS



1 comentário:

teardrop disse...

Espero que traga muitos turistas que bem estamos a precisar!