sábado, 4 de fevereiro de 2012

Sítios de arrasar em Lisboa para a revista Traveler


"O velho sempre dá lugar ao novo, é a lei da vida" escreve a espanhola Ana Díaz-Cano sobre os novos espaços lisboetas, aludindo ao facto de cada vez mais surgirem novos espaços com novas ideias e correntes culturais que aproveitam edifícios velhos e abandonados, numa "revolução do design que bebe do passado para triunfar no futuro.

É junto ao Cais do Sodré que se encontra um terço desta lista, ou mais precisamente na Rua Nova do Carvalho. Esta rua renovada, também já conhecida por alguns como a rua cor-de-rosa graças à cor que cobre o seu pavimento, abriga o bar Sol e Pesca ("que aposta nas conservas portuguesas acompanhadas de pão alentejano"), o Bar da Velha Senhora ("entre o histórico e o burlesco) e dá ainda acesso à Pensão Amor ("um espaço multidisciplinar onde o boémio, o sexy e o artístico se juntam numa atraente combinação") com entrada também pela Rua do Alecrim.

Numa rápida subida a espanhola Díaz-Cano elege ainda o Pharmacia como um "restaurante experimental e criativo cuja decoração é inspirada nas farmácias antigas" com vista para o Miradouro de Santa Catarina, também conhecido como Adamastor, que ocasionalmente é saudada com animação de rua espontânea.

Na turística Baixa-Chiado encontramos A Vida Portuguesa Desde Sempre, "local onde se revive produtos e marcas que pertencem à história Lusitana" entre eles a pasta medicinal Couto. É na Rua Anchieta que se situa esta loja criada por Catarina Portas, responsável também pelos Quiosques de Refresco. Voltando à comida, uma visita à pastelaria francesa Poison d'amour, na Rua da Escola Politécnica, é recomendada ou não fosse este um local com "um ambiente de estilo romântico e retro, onde é fácil "apoltronar-se" durante horas a degustar as especialidades da casa".

Leia o artigo original da versão espanhola da revista Traveler



in: Visão

2 comentários:

Fê-blue bird disse...

Estou a gostar de ver a minha Lisboa renovada, apreciada e visitada por quem lhe sabe dar valor.
Lisboa bem precisa deste ar fresco :)
Vou ler o artigo.


beijinhos

mfc disse...

Apontei aqueles sítios todos para quando lá for poder escolher bem!