quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Miúdos ignorantes ainda vá. Agora chumbarem é que não pode ser


Se hoje em dia há quem frequente Universidades deste país sem saber ler e escrever correctamente, ao acabarem com os chumbos nas escolas os novos licenciados não irão provavelmente sequer conhecer o abecedário ou conseguir consultar o saldo do multibanco por incapacidade de decifrarem algarismos. E a avaliar pelos últimos resultados nas provas de português e matemática estamos no "bom" caminho.

Depois do "Novas Oportunidades" - que em teoria consegue em apenas 6 meses pôr um analfabeto a dar aulas de Filosofia. Ou ainda, transformar um amola-tesouras em astronauta com aulas em regime pós laboral - prepara-se agora o Governo para proibir o chumbo nas escolas.

Ou seja, premeia-se a imbecilidade disfarçando-a de incentivo ao aluno. Se não houver chumbos não há insucesso escolar. Premiar a imbecilidade, é o mesmo que nos chamar de Homer Simpson...

in: Expresso / Tiago Mesquita

4 comentários:

Osvaldo disse...

Caro Polittikus;

Este diploma governamental é a Ignorância Institucional mais parva, ignóbil, desajustada e BURRA que o nosso Governo Inventou.
E que não me venham dizer que em outros países funcionou porque eu moro "nesses países" e não é nada disso, antes pelo contrário...

Mas como deste (des)governo já nada me surpreende!!!.

Um abraço, caro amigo.
Osvaldo

Otário disse...

boa semana, caro polittikus!

Salete Cattae disse...

Aqui é a mesma coisa, qualquer "anta" faz faculdade...

Me dá medo imaginar os médicos que devem sair de um sistema assim!?!

Bjs

Isa GT disse...

O que a Ministra não fala é que nos países nórdicos, basta uma cábula para se ser expulso, por lá, estão a estudar para aprender(imaginem!!!), talvez por isso já houve alunos portugueses do Programa Erasmus que vieram recambiados do frio (logo no 1ºteste) ;)
Esta gente quando quer comparar alhos e bogalhos, o melhor era estar calada.
Agora a moda é não aprender nada e chegar à Universidade e vê-los a copiar que nem uns doidos. Eu ainda sou do tempo em que não havia cábulas nem Faxes ;))))

Bjos